New home ♥

16:04 Joana Santos 5 Comments

Quando me mudei para Londres, em Junho do ano passado, sabia que ia ser difícil conseguir viver sem partilhar casa com pessoas desconhecidas. No Reino Unido, as casas são caras e, na maior parte das vezes, a única solução é alugar um quarto. No geral, neste ano e meio, tive sorte. Primeiro, vivi com uma senhora inglesa numa casa tipicamente britânica. Depois, vivi com um casal francês, que, mesmo com as suas manias, não me dava assim tantas dores de cabeça. Em Fevereiro, fui viver para uma casa com dois rapazes portugueses e um rapaz espanhol. Estas três casas foram parte da minha história em Londres: todas elas foram palco das minhas dúvidas, vontade de voltar, vontade de ficar; todas elas foram lugar para lágrimas e sorrisos, festas e danças; todas elas foram amor e amizade. 
Mas, embora seja divertido partilhar casa, conhecer novas pessoas, novos modos de viver, chegamos a um ponto em que queremos o nosso espaço, o nosso cantinho. Queremos chegar a casa, descalçar os sapatos, ligar a música e dançar. Queremos chegar a casa e simplesmente não fazer nada. Queremos chegar a casa e sentirmo-nos em casa. Ao final destes 460 dias, consegui dar um passo em frente: eu e o Guilherme alugámos uma casa só para nós. E não é que é mesmo a casa perfeita para nós? Sabem quando entram num sítio e sabem logo que a vossa vida vai ter de passar por lá? Foi isto que senti quando entrei naquela casa. A energia é tão boa, a casa é tão cheia de luz: teve de ser. Estes dias têm sido passados a decorá-la, a torná-la mais nossa. Agora, temos ainda mais vontade de voltar a correr para casa, para descansar depois de um dia de trabalho. Não há mesmo nada melhor, neste momento, do que estar aqui. 
Com amor,
Joana


You Might Also Like

5 comentários:

  1. Sinto a tua felicidade deste lado! Tão bom minha Joana, desejo-te tudo de melhor neste mundo. Tenho a certeza que a vossa casa é linda (quero ver mais fotografias da decoração)*

    Um xi-coração cheio de amizade*

    ResponderEliminar
  2. Uma casa onde os pés descansam, o corpo relaxa, a cabeça para e o coração fica gordinho...

    ResponderEliminar