Let's get enlightened about ourselves

16:42 Joana Santos 4 Comments


Há uns tempos, numa tarde de procrastinação, cruzei-me com um documentário chamado Enlighten Up. Não sou fã de documentários e, geralmente, nem paro para ler a descrição dos filmes deste género, mas desta vez foi diferente.
O documentário foi feito por um realizador que tinha um plano muito simples: escolher alguém e acompanhar essa pessoa numa viagem pelo mundo do yoga, até que ela descubra uma prática que a transforme completamente. E foi exactamente a pessoa que ele escolheu que me fez ficar presa ao ecrã: nada mais nada menos do que um jornalista. Ora, tendo eu estudado jornalismo e sendo apaixonada pela mundo do yoga, fiquei logo com a minha curiosidade no pico. Também eu quis fazer aquela viagem, também eu quis descobrir mais, experimentar mais. E ainda quero.

"A mente de um jornalista é igual à mente de um yogui: ambos querem sentir as coisas, ambos querem experimentar tudo, para provar que é verdade e não tomar como certo as palavras de outra pessoa."

A verdade é que cada um de nós encara a vida de uma perspectiva muito própria. Cada um tem a sua própria perspectiva de realidade. Mas, muitas vezes, somos, neste mundo, incitados a pensar como todos os outros. E isso tira-nos toda a experiência de viver. A verdadeira.
Por isso, hoje, convido-vos a viverem um dia através dos vossos próprios olhos. Com curiosidade. Com vontade de conhecer. Sejam os jornalistas das vossas vidas: investiguem esses sentimentos guardados dentro de vocês próprios e tentem encontrar respostas para as vossas perguntas. Quem sou eu? Porque me dói a garganta, será que deixei algo por dizer? O que é este peso no coração? Porque é que isto faz um sorriso nascer nos meus lábios? Para onde quero ir a seguir?

Sejam yogis: unam todos os bocadinhos perdidos dentro de vocês e descubram-se.

Com amor,
Joana


You Might Also Like

4 comentários:

  1. "Sejam yogis: unam todos os bocadinhos perdidos dentro de vocês e descubram-se." - obrigada por seres sempre tão inspiradora e por teres sempre palavras tão certas a partilhar!


    A Sofia World

    ResponderEliminar
  2. Isso é mesmo interessante, pelo conceito de base e pela desconstrução que acabamos por fazer de nós!

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do post e fiquei muito curiosa quanto a esse documentário, tenho que ir pesquisar!

    Um beijinho,
    Bia do Bookaholic.

    ResponderEliminar
  4. Olá bom dia minha querida!
    Bonitas palavras!
    Acho que nunca vi esse documentário, claro que vou pesquisar, quero ver!
    Está linda a fotografia!
    beijinho enorme e continuação de uma boa semana!

    ResponderEliminar